Início Camaçari Camaçari registra três mortes no feriadão, afirma SSP-BA

Camaçari registra três mortes no feriadão, afirma SSP-BA

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Neste final de semana, durante o feriado prolongado da Proclamação da República, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA) registrou três mortes em Camaçari.

Entre os casos, está o óbito de Larissa Conceição Alves dos Santos, 21 anos, encontrada morta na Rua Esmerindo Neto, Barra de Pojuca, na tarde deste domingo (17). Conforme a SSP-BA, o crime aconteceu por volta das 16h22, a motivação e autoria ainda não foram descobertas.

Os outros dois casos aconteceram no sábado (16). Um jovem de 17 anos, identificado com as iniciais S. P. de J., foi morto durante a madrugada, às 2h35, no povoado de Cancelas, em Jordão, zona rural de Camaçari. Em Monte Gordo, como revela boletim da secretaria, o corpo de Bruno Oliveira Farias, 20 anos, foi encontrado na Feirinha, às 00h02.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

As autorias e motivações dos crimes seguem sendo investigadas pela Polícia Civil.

RMS

Casos também foram registrados pela SSP-BA em outros municípios da Região Metropolitana de Salvador. No sábado, Eliete das Neves, 44 anos, foi morta em Dias d’Ávila, na Rua Direta, bairro do Botafogo, às 23h57. No mesmo dia outro óbito aconteceu em Mata de São João, no Condomínio Alto do Paraíso, atrás do Bloco 21; o corpo encontrado é de Luis Cláudio Assis Santos Júnior, 34 anos.

Já no final da tarde deste domingo, um homem foi morto em Simões Filho. A morte de José Mariana de Jesus Neto, 25 anos, foi confirmada pela SSP às 22h30.

A investigação dos crimes também é feita pela Polícia Civil.