Início Animais Cadela arrasta cobertor para dividir com um cão de rua ao frio

Cadela arrasta cobertor para dividir com um cão de rua ao frio

Nossas vidas atarefadas acabam fazendo com que nos esqueçamos de olhar em redor. Por vezes bastava apenas olhar para o lado, para sabermos que algo não está bem com alguém. Muitos são os animais e as pessoas que necessitam de um pouco de água, comida ou agasalho e nós nem as enxergamos.

Generosidade e atenção são algumas das coisas que mais nos faltam, para que nos possamos tornar pessoas melhores!

Lana mora no Brasil, onde foi resgatada das ruas com seus irmãos, no final do ano passado. Ela sabe melhor do que ninguém, o que é ser gentil e veio de uma forma subtil dar-nos uma grande lição de moral.

Pouco tempo após ser resgatada, essa cadelinha foi adota por Suelen Schaumloeffel e seu noivo, começando desse modo uma nova vida como um animal de estimação verdadeiramente amado. Mas apesar de todo o amor e carinho que recebia, Lana claramente não esqueceu os dias em que viveu na rua, com fome, sede, frio e falta de amor.

A dona de Lana deu-lhe um cobertor mais quentinho, para que ela não passasse frio durante a noite pois as temperaturas tinham descido bastante nesses últimos dias, na região onde vivem. Mal sabia a mulher, que sua cadela de apenas 8 meses tinha um coração do tamanho do mundo. Depois de colocar Lana para dormir cm seu novo cobertor, segunda-feira à noite, a patuda teve a atitude mais maravilhosa que temos visto em muito tempo – Ela dividiu seu cobertor quente e confortável com um novo amigo.

Quando no dia seguinte, o noivo de Schaumloeffel saiu para o trabalho, ele deparou-se com a imagem mais linda do mundo.
Lana tinha arrastado o cobertor para compartilhá-lo com outro cachorrinho que aparentemente viva na rua.

Schaumloeffel disse que era a primeira vez que estava vendo o outro canino. Ela não tinha certeza se se tratava de um vadio, no entanto, quando ela se aproximou dele para ver se tinha alguma identificação, o animal figiu.

“Eu pensei:” Quão lindo o que ela fez por sua amiga”,disse Schaumloeffel. “Meu melhor amigo de quatro patas me lembrou algo tão importante: generosidade!”.

Desde então, o casal tem visto ocasionalmente o cachorrinho mas ele sempre foge com medo. Eles esperam poder aproximar-se dele, para ajudá-lo a encontrar o caminho de volta para casa, caso esteja perdido. Todos os dias lhe deixam comida e água fresca, para que não lhe falta nada.

Afinal de contas, é o que Lana faria se pudesse.

“Ela é a cachorrinha mais bonita que já conheci”, diz Schaumloeffel. “Nós esquecemos às vezes a diferença que podemos fazer na vida de alguém. Ela me lembrou disso”.

Fonte: The Dodo