Início Notícias Brasileiro é indenizado em US$ 2 milhões após denunciar racismo em emprego...

Brasileiro é indenizado em US$ 2 milhões após denunciar racismo em emprego nos EUA

Natural de Brasília, Andre DeOliveira, 56 anos, foi indenizado pela empresa Matheson Trucking junto a outros seis colegas

Um brasileiro ganhou uma indenização de US$ 2 milhões após fazer uma denúncia sobre o racismo sofrido por ele na empresa em que trabalhava desde 2006 nos Estados Unidos. Natural de Brasília, Andre DeOliveira, 56 anos, foi indenizado pela empresa Matheson Trucking junto a outros seis colegas de trabalho.

Foto: Reprodução/ Facebook

De acordo com a ação, os funcionários negros eram humilhados e separados dos brancos. À Folha de S. Paulo, DeOliveira informou que o assédio aos funcionários começou dois anos depois de ele entrar na empresa que presta serviço aos Correios, com a chegada de uma nova gerente em 2008.

“Com o tempo, percebemos que ela tratava negros e imigrantes de um jeito diferente, nunca falava conosco”, comentou. Ainda de acordo com DeOliveira, a gerente costumava privilegiar os funcionários brancos nas escalas e destinar menos trabalho a eles. “Nos chamavam de “nigger” (termo em inglês usado de forma pejorativa para se referir a pessoas negras). Vi meus amigos sendo chamados de “africanos estúpidos e preguiçosos”, detalhou.

Deoliveira e os outros seis funcionários contrataram um advogado trabalhista em 2011, após duas remessas de demissão pela empresa, que passou a contratar somente pessoas brancas para o quadro de funcionários.

Após o início da tramitação do processo na Justiça, a companhia ofereceu o emprego dos funcionários demitidos de volta. DeOliveira, que voltou a trabalhar no local após a oferta, disse que irá pedir demissão do emprego e que ainda não sabe como aproveitar o dinheiro da indenização.

Fonte: Correio da Bahia