Início Entretenimento Brasileiro Carlos Saldanha perde o Oscar de animação para “Viva”

Brasileiro Carlos Saldanha perde o Oscar de animação para “Viva”

Por UOL

Cena do filme “O Touro Ferdinando”, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha (Foto: Reprodução)

O Brasil passou em branco em mais um ano do Oscar. O diretor brasileiro Carlos Saldanha não levou o prêmio máximo do cinema pela animação “O Touro Ferdinando”.

O vencedor da categoria foi “Viva – A Vida é Uma Festa”, da Pixar-Disney. O brasileiro já havia sido indicado pelo curta animado “Aventura Perdida de Scrat”.

Saldanha recebeu de maneira inusitada a notícia de que sua mais recente animação, “O Touro Ferdinando”, havia sido indicada ao Oscar.

O diretor brasileiro estava no aeroporto de Nova York se preparando para voar a Los Angeles, quando a Academia anunciou os indicados. “Fiquei 6 horas no voo, foram as 6 horas mais longas da minha vida. Parecia o voo mais longo que eu já fiz”, explicou Saldanha em entrevista ao UOL logo após desembarcar na meca do cinema.

O cineasta explica no plural sobre como é uma honra para ele e toda a equipe ter “O Touro Ferdinando” na lista dos indicados na categoria de melhor animação do principal prêmio do cinema. “É um momento de celebração de vários anos de trabalho. Não que a gente faça pensando nisso (indicação ao Oscar), mas quando acontece é aquela cereja no bolo”.

O projeto do filme sobre um touro grandalhão e tranquilo que prefere cheirar flores a dar cabeçada nos outros levou 7 anos para ser concluído, sendo 4 apenas de produção.