Início Salvador Biometria: PMs atiram para o alto após eleitores tentarem fazer manifestação na...

Biometria: PMs atiram para o alto após eleitores tentarem fazer manifestação na Calçada

Por BNews

Por: Reprodução / Record TV Itapoan

Na manhã desta terça-feira (30), eleitores que tentaram fazer o recadastramento biométrico no posto do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), no bairro da Calçada, em Salvador, ficaram revoltados quando souberam que não havia mais senhas.

Indignado, um grupo que passou a noite na fila, tentou fazer uma manifestação travando o trânsito na localidade, mas foi impedido por policiais militares que atiraram para o alto pelo menos três vezes.

Para reportagem da Record TV Itapoan, os manifestantes disseram que senhas estavam sendo comercializadas. Após a ação policial, uma confusão se instalou no local. Outros policiais foram enviados ao local para tentar conter os ânimos. Não há informações sobre feridos.

O BNews divulgou na segunda-feira (29), uma denúncia de suposto esquema de venda de senha por funcionário do SAC de Pirajá. Procurado pelo site, a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) informou que não se posiciona sobre o fato, sendo uma responsabilidade da Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), que foi procurada, mas até esta manhã não enviou nenhum posicionamento sobre o suposto ocorrido no bairro de Pirajá.

Diferentemente do que ocorre na Bahia, no estado do Mato Grosso, uma suposta venda de senhas para atendimento no posto avançado da biometria do Goiabeiras Shopping, no Bairro Duque de Caxias, em Cuiabá, foi denunciada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) à Polícia Militar. Segundo o TRE-MT, a prática é ilegal.

Procurada pelo site, a assessoria da Polícia Civil da Bahia informou que nenhum inquérito foi aberto para investigar casos como estes.