Início Camaçari Bandidos invadem casa, roubam e estupram moradoras de condomínio de luxo na...

Bandidos invadem casa, roubam e estupram moradoras de condomínio de luxo na Orla de Camaçari

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Moradores de uma casa no condomínio de luxo Busca Vida, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) viveram momentos de terror ao terem a casa invadida por pelo menos quatro homens armados, que teriam roubado pertences e estuprado duas jovens da família. O crime aconteceu no dia 2 de novembro.

De acordo com relatos obtidos pelo Portal A TARDE, homens armados invadiram a casa, que tinha quatro pessoas, agrediram os moradores e estupraram duas jovens. Todos foram amarrados com fios e trancados no banheiro. Além de roubar os pertences, os bandidos obrigaram a família a fazer um PIX de 24 mil reais.

A família ainda acusa o condomínio de fazer pouco caso e mentir em comunicado ao ressaltar apenas a perda material.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

“De toda forma, nós, da Administração, nos solidarizamos com as vítimas e lembramos a todos os nossos condôminos a necessidade de ter sempre à vista os nossos canais de comunicação, a fim de garantir a tranquilidade e o bem-estar que todos almejamos. Mais que isso, reforçamos ainda mais os nossos rígidos protocolos de segurança e informamos que estamos conduzindo uma investigação rigorosa do fato”, ressaltou o comunicado do residencial.

A Polícia Militar informou que só tomou conhecimento do caso após o início da investigação da Polícia Civil e afirmou manter o policiamento ostensivo, preventivo e repressivo em vias públicas.

A Polícia Civil informou que coletou os depoimentos das cinco pessoas que estavam na casa, além de ter pedido a perícia no imóvel, já realizada. Também foram solicitadas imagens de câmeras de segurança do condomínio e tem sido realizadas diligências com o objetivo de elucidar o caso.

Além disso, a 26ª Delegacia Territorial (DT) de Vila de Abrantes expediu guias para exames periciais, com a finalidade de apurar se as mulheres foram vítimas de violência sexual.

Com informações do Portal A tarde