Início Bahia Bahia: homem é morto a tiros após discussão com irmão por causa...

Bahia: homem é morto a tiros após discussão com irmão por causa de terreno herdado dos pais

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Homem é morto a tiros após discussão com irmão na BA por pedaço de terra herdado dos pais; mulher passava no momento do crime — Foto: Blog do Braga

Um homem foi morto a tiros na cidade de São Desidério, no oeste da Bahia. De acordo com o delegado Carlos Ferro, que investiga o caso, o principal suspeito de cometer o crime é o irmão da vítima, que foi flagrado por moradores no momento do assassinato e está foragido. 

O caso aconteceu durante uma briga na manhã de terça-feira (19), na zona rural do distrito de Capão de Pedra.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Ainda segundo informações do delegado Carlos Ferro, a vítima, identificada como Sebastião Barbosa, tinha um desentendimento com o irmão, por um causa de um terreno herdado dos pais da dupla. Sebastião já havia registrado um boletim de ocorrência por ameaça.

O delegado conta que, na segunda-feira (18), tanto Sebastião Barbosa, como o irmão, Eurico Barbosa dos Santos, de 72 anos, estiveram na delegacia da cidade, acompanhados de advogados e assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

No entanto, na terça-feira, após um dos irmãos derrubar a cerca da propriedade, os dois discutiram e Sebastião Barbosa foi baleado por Eurico, que depois fugiu. A vítima morreu no local.

Imagens gravadas por moradores mostram o momento em que Eurico Barbosa atira na vítima. Uma mulher e um homem também são vistos com pedaços de madeiras nas mãos. É possível ouvir os tiros e gritarias.

Policiais militares e civis foram ao local do crime. Até a publicação da matéria, o idoso não havia sido encontrado. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o crime.