Início Saúde Aumenta para 18 o número de mortes provocadas por H1N1 na Bahia

Aumenta para 18 o número de mortes provocadas por H1N1 na Bahia

Crédito da Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Sobe para 18 o número de mortes provocadas por H1N1 na Bahia, segundo informa a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta quarta-feira (23/5). Até o dia 19 de maio deste ano foram notificados 966 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 76 óbitos. Dentre esses casos, 193 foram confirmados para Influenza, sendo 153 pelo subtipo A H1N1, com 18 deles evoluindo para óbito.

No mesmo período de 2017 foram notificados 241 casos de SRAG, com 20 mortes. Dentre eles, 20 foram confirmados para Influenza, sendo dois casos de Influenza A H1N1 e nenhum óbito por A H1N1.

Foram confirmados casos de A H1N1 em 39 municípios e as mortes ocorreram em oito deles, sendo que Salvador registrou 11. Os outros municípios foram Camaçari (1); Irará (1); Lauro de Freitas (1); Retirolândia (1); Saúde (1); Serrinha (1) e Vitória da Conquista (1).

A faixa etária de maior ocorrência ficou entre os menores de cinco anos (57 casos e sete óbitos) e maiores de 60 anos (24 casos e cinco óbitos), sendo que 66,6% das mortes ocorreram no grupo dos menores de cinco anos.