Início Mundo Ativista invade tourada para salvar touro que agonizava na Espanha

Ativista invade tourada para salvar touro que agonizava na Espanha

*Yahoo Notícias 

fa382470-45a2-11e5-8d96-e9feaf6a48a5_0818_tourada
(Foto: Eduardo Nieto / Reprodução)

Uma ativista invadiu uma tourada na última quinta-feira (13) ao ouvir o choro de um touro que estava sendo morto pelos toureiros em uma arena em Málaga, na Espanha. Virginia Ruiz, de 38 anos, ficou em cima do animal para impedir sua morte, mas foi violentamente retirada do local.

“Eu podia ouvi-lo chorando de dor, então pulei para dentro, atravessei a arena até chegar no local onde ele já estava morrendo”, relatou a ativista. Eu queria dar-lhe amor, antes que ele deixasse este mundo”, completou.

Após a invasão, a multidão vaiava e xingava a ativista, já conhecida pelo seu trabalho contra touradas. “Me chutaram, cuspiram em mim, me disseram para voltar para a cozinha e me chamaram de prostituta”, continuou.

Virginia assistiu à tourada em um dia que a entrada ao público era gratuita. Segundo ela, o objetivo de sua ida era registrar a crueldade na arena e as arquibancadas vazias apesar dos portões abertos.

“O touro ainda estava vivo antes que eles fizessem o esfaqueamento final com a faca na parte de trás do pescoço. Ele estava chorando e tentou olhar para as pessoas”, disse Ruiz.

A ativista foi autuada pela polícia local e recebeu uma multa de 6 mil euros (cerca de R$ 23 mil) por invasão de propriedade privada. O Parlamento Europeu banca as touradas com investimentos de até R$ 23 milhões por ano.