Início Notícias App com horários de ônibus é usado por 54 mil passageiros

App com horários de ônibus é usado por 54 mil passageiros

Após download, uso da ferramenta é de 98,5%, segundo representante da empresa

Lançado em Salvador em outubro de 2014, o aplicativo para smartphones Cittamobi, que mapeia horários e itinerários das linhas de ônibus da capital baiana, atingiu nesta semana a marca de 54 mil downloads, segundo a Cittati Tecnologia, desenvolvedora da ferramenta.

O índice – comemorado pelo gerente comercial da corporação, Carlos Sampaio, e pelo representante da empresa na cidade, Luiz Sena – é apenas um dos que apontam a adesão ao sistema.

Conforme Sampaio, 52 mil a utilizam pelo menos uma vez ao mês. Já 36 mil recorrem ao aplicativo em cinco dias na semana. O número total de usuários chega a 600 mil nas 12 cidades onde a ferramenta está presente.

“Temos um retorno de 98,5% após o download, o que significa que o aplicativo leva benefícios aos usuários, como a comodidade de poder saber a hora que o ônibus vai chegar no ponto”, afirma Sena.

Como usar

Encontrada nas versões Android e iOS (iPhone), comum ou para deficientes visuais, a ferramenta já mapeou 67% das linhas de ônibus da cidade. Os outros 33% do sistema é atendido pelo aplicativo Citsiu, elaborado pelo consórcio Salvador Norte, responsável pelos ônibus da orla e do centro (bacia C).

No caso do Cittamobi, o funcionamento é simples e lembra ferramentas disponibilizadas pelo Google (veja passo a passo acima).

Com a localização do GPS do celular, o aplicativo consegue listar os pontos de ônibus próximos ao usuário e as próximas linhas que passarão por cada um deles.

O horário em que o coletivo chegará à parada, o tempo previsto para a chegada ao destino e outras informações também são disponibilizados. “Ele mostra ainda se o ônibus é adaptado para deficientes”, diz Sena.

Além disso, um mapa da cidade marca o percurso que o ônibus vai fazer, lista as próximas paradas e toca um alarme para indicar a proximidade do destino final.

A versão para deficientes visuais utiliza o recurso auditivo para auxiliar este público. Uma voz lê as opções para o usuário e o ensina a chegar ao ponto de ônibus, servindo como bússola.

Apresentado ao Instituto dos Cegos da Bahia, a versão acessível do aplicativo vai ser lançada, em data ainda indefinida, em um evento com entidades e órgãos de proteção aos deficientes.

Aprenda a usar o programa

1. Aplicativo identifica a localização e mapeia pontos de ônibus próximos

2. Usuário escolhe ponto e programa mostra quais linhas passarão por ele em breve

3. Passageiro escolhe linha
e aplicativo dá uma previsão de chegada ao ponto

4. Mapa mostra as vias percorridas

5. Alarme indica
a chegada ao destino final

 

A tarde