Início Polícia Após descobrir abusos contra enteada e esposa, homem mata suspeito em Montes...

Após descobrir abusos contra enteada e esposa, homem mata suspeito em Montes Claros

Abusos vieram ao conhecimento da família após mudanças no comportamento da criança

(Foto: Reprodução | Inter TV)

Na tarde desta última segunda-feira (27), um homem de 33 anos foi apreendido após matar a facadas o primo da esposa, de 62 anos, na cidade de Montes Claros. De acordo com a Polícia Militar, a motivação do crime pode estar relacionado à uma vingança, pois a vítima era suspeita de abusar da enteada do autor, de 10 anos, e também da mãe da menina, há 20 anos.

De acordo com publicação do G1, a família não saberia dizer há quanto tempo a menina era vítima dos abusos. A mãe da criança disse que o marido estava viajando e só soube das agressões quando retornou à cidade, na noite deste último domingo.

“Quando ele chegou eu contei o que aconteceu. Ele endoidou a cabeça. Gritei, chamei polícia para que não matasse. Me senti um lixo por saber de tudo o que aconteceu. Por saber que minha filha está envolvida nisso. Uma criança de 10 anos. E no final ainda acabou desse jeito”, relata.

O autor foi até a casa da vítima para questionar o que havia acontecido. “Meu marido entrou na casa, sentou no sofá e perguntou o que ele tinha feito com a filha dele. Nessa hora, ele só riu e meu marido começou esfaqueá-lo”, diz.

(Foto: Reprodução | EM/D.A.Press

Ao todo, foram três golpes de facadas que fez com que o suspeito de abuso morresse na hora e a arma usada no crime foi apreendida próximo ao local do ocorrido. Na ação, a mulher do homem também se feriu ao tentar impedir o crime.

Após cometer o crime o homem fugiu, mas foi localizado através das câmeras de olho vivo, monitoradas pela polícia. O corpo do idoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

Os abusos vieram ao conhecimento da família após mudanças no comportamento da criança. “Ela ficou tristinha, chorando pelos cantos. Quando perguntamos, ela contou o que ocorreu”, contou a mãe.

Quando tinha a idade da filha, a mãe contou a polícia que sofreu dos mesmos abusos. “Ele tirava fotos minhas durante os abusos. A esposa dele descobriu e se separou dele. A minha família ficou sabendo porque a esposa contou. Como éramos parentes, minha família decidiu esquecer. Ele me pediu perdão depois que eu era adulta, e eu deixei, achei que isso tinha acabado”, afirma.

Segundo informações da polícia, o homem tinha passagem por estupro e já havia sido detido por crimes de abuso. A PM informou que há relatos de outras vítimas que estão sendo identificadas. *Por Varela Notícias