Início Bahia Após aprovação da CIB, jornalistas serão vacinados como grupo prioritário na Bahia

Após aprovação da CIB, jornalistas serão vacinados como grupo prioritário na Bahia

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Anvisa orientou suspensão de imunização em gestantes com a vacina de Oxford-AstraZeneca (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A Secretaria Estadual de Saúde anunciou nesta terça-feira que a categoria de jornalistas fará parte do grupo prioritário de vacinação contra covid-19. De acordo com a Sesab, a inclusão da categoria aconteceu em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada nesta terça-feira (18).

A decisão vale para todo o estado. Jornalistas com idade superior a 40 anos poderão ser vacinados. De acordo com a Sesab, o grupo abrange ainda cinegrafistas e blogueiros registrados.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

“Para tomar a vacina, será necessário apresentar carteira profissional ou carta da empresa onde trabalha. A ideia é proteger os profissionais que estão em risco desta classe essencial para a sociedade”, disse o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Mais tarde, o secretário destacou que além da idade, a exposição é critério para a vacinação dos jornalistas. “Deixando claro: são profissionais de comunicação atuando em atividades externas ou ambientes confinados tais como redações e estúdios! As empresas deverão atestar que os referidos profissionais se encaixam nesse perfil. Queremos proteger quem está sob risco”, escreveu o secretário.

Na reunião, ficou definido também que 70% das doses recebidas serão destinadas à continuidade da vacinação de grupos prioritários definidos no Plano Nacional de Imunização. Os demais 30% serão usados para vacinar a população em geral, com idade de 59 a 18 anos, de forma escalonada. A decisão da CIB será publicada no Diário Oficial do Estado na próxima quinta-feira (20).

Com informações do Correio 24 horas