Início E.C. Vitória Após apagão, jogo continua e Vitória segura triunfo por 1 a 0...

Após apagão, jogo continua e Vitória segura triunfo por 1 a 0 diante da Jacuipense

Por Galáticos Online

A continuação do jogo entre Jacuipense e Vitória aconteceu na tarde desta quinta-feira (22), no estádio Eliel Martins, debaixo do forte sol de Riachão do Jacuípe e o duelo terminou com o rubro-negro vencendo por 1 a 0, gol de Pedro Botelho. A partida havia sido paralisada com o mesmo placar do término, na última quarta (21) por falta de energia no estádio.

Após sete minutos do reinício da partida, o técnico Vagner Mancini já fez duas alterações: Bryan e Nickson nos lugares de Guilherme Costa e Jhemerson, respectivamente. Além destas mudanças, houve a estreia do alemão Alexander Baumjohann, que entrou em campo no lugar de Jonatas Belusso. Aos 40 minutos da etapa final, José Welison chegou de forma mais dura no atacante Birungueta e levou o cartão vermelho, dando uma dor de cabeça à Mancini para o próximo duelo do rubro-negro, já que ele ainda não tem lateral-direito à disposição.

Ao término da partida houve mais uma confusão envolvendo o Leão. O atacante André Lima acusou o auxiliar Dijalma Silva Ferreira de tê-lo chamado de “merda” e segundo o supervisor do Vitória, Mário Silva, existem testemunhas do ocorrido.

Jacuipense x Vitória
Baianão 2018 – 5ª rodada

Local: Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe (BA)
Data/Horário: 21/02/2018, às 21h45
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira (BA). Assistentes: Carlos Eduardo Bregalda Gussen (BA) e Dijalma Silva Ferreira (BA)
Cartões amarelos: Maxwell (JAC); Bryan (VIT) e André Lima
Cartão Vermelho: José Welison (VIT)
Gols: Pedro Botelho (VIT)

Jacuipense
Jordan; Talles, Matheus, Lídio e Paulinho; Uelliton, Acácio (Biringueta), Thiaguinho e Eudair (Felipe); Peixoto e Brasão. Técnico: Jonilson Veloso.

Vitória
Caíque; José Welison, Ramon, Walisson Maia e Pedro Botelho; Lucas Marques, Fillipe Soutto, Jhemerson (Nickson) e Guilherme Costa (Bryan); Jonatas Belusso (Alexander Baumjohann) e André Lima. Técnico: Vagner Mancini.