Início Destaque Após 4h de paralisação, ônibus voltam a circular em Salvador

Após 4h de paralisação, ônibus voltam a circular em Salvador

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Foto: Arisson Marinho / CORREIO

Após quatro horas de paralisação, os rodoviários começaram a sair das garagens com os ônibus nesta segunda-feira (19). No entanto, a garagem que pertencia à antiga Concessionária Salvador Norte (CSN) ainda vai demorar de retomar as atividades.

Em entrevista à TV Bahia, o presidente do Sindicato dos Rodoviários informou que os trabalhadores ainda vão se reunir para deliberar sobre as questões referentes ao pagamento da verbas rescisórias dos rodoviários que pertenciam à empresa. Esse foi um dos motivos da paralisação da categoria nesta segunda.

Na semana passada, eles também realizaram um protesto na Estação da Lapa para chamar atenção sobre o caso. Os rodoviários também pedem para serem incluídos no grupo prioritário da vacinação contra a covid-19. Ao todo, são cerca de 12 mil trabalhadores.

Durante os protestos realizados nas garagens dos ônibus, os trabalhadores seguraram cartazes pedindo a vacinação.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.
Foto: Arisson Marinho / CORREIO

Mesmo com a circulação dos ônibus, os usuários do sistema de transporte ainda enfrentam problemas para se deslocar na cidade. Os pontos de ônibus continuam cheios e, aos poucos, os coletivos começam a chegar nas estações de transbordo.

Com os pontos cheios e oferta reduzida de veículos, aglomerações se formaram, colocando em risco a saúde da população.

Os ônibus do Subsistema de Transporte Complementar (STEC), ou amarelinhos, estão dando apoio atendendo os principais corredores de tráfego. Cerca de 207 ônibus amarelinhos atuarão nas linhas de maior fluxo de usuários, dos quais 53 atendem linhas do Subúrbio, 93 atenderão linhas do Miolo e 61 estão na região da Orla.

Com informações do Correio da Bahia