Início Brasil Animais presos na lama estão sendo sacrificados a tiros em Brumadinho

Animais presos na lama estão sendo sacrificados a tiros em Brumadinho

Ação é questionada por institutos de defesa dos animais; segundo presidente do Conselho Regional Medicina Veterinária de Minas Gerais, método é autorizado pelo “Guia Brasileiro de Boas Práticas para Eutanásia em Animais”

Animais presos na lama estão sendo sacrificados a tiros em Brumadinho 1
Foto: AFP/Douglas Magno

Animais atingidos pela ruptura da barragem da Vale em Brumadinho, na última sexta-feira, estão sendo sacrificados a tiros. Na última segunda-feira (28), um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) executou animais que estavam atolados na lama.

De acordo com ativistas de defesa dos animais, entre os helicópteros que realizavam o resgate de vítimas, um deles sobrevoava bem baixo para atirar nos animais. Eram efetuados cerca de cinco disparos em vacas presas na lama.

Animais presos na lama estão sendo sacrificados a tiros em Brumadinho 2

“O procedimento de sacrifício (eutanásia) dos animais, objeto deste questionamento, foi realizado com o atendimento de todos os protocolos de segurança aplicáveis ao caso, a pedido e sob a coordenação de uma veterinária, integrante do Conselho de Veterinária de Minas Gerais e supervisionado pelo comando das operações de resgate”, confirmou a PRF.

A PRF não revelou se a ação vai continuar. Também não foram confirmados quantos animais foram abatidos a tiros.

O Conselho Regional Medicina Veterinária de Minas Gerais confirmou que dois animais sofreram eutanásia por arma de fogo. De acordo com o presidente do CRMV-MG, Bruno Divino, a ação é autorizada pelo “Guia Brasileiro de Boas Práticas para Eutanásia em Animais” e foi adotada porque os animais estavam em sofrimento e não havia segurança para que os socorristas descessem do helicóptero para aplicar o anestésico.

“O método para quem não conhece é assustador, mas é feito disparo onde o animal não vai sentir dor”, afirmou Bruno Divino.