Início Camaçari Ambulantes que ocupam vias públicas são notificados na Costa de Camaçari

Ambulantes que ocupam vias públicas são notificados na Costa de Camaçari

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Com objetivo de ordenar a Costa de Camaçari, a Diretoria de Ordem Pública (Dirop) da Secretaria dos Serviços Públicos (Sesp), juntamente com a Secretaria do Turismo (Setur), tem intensificado, nos últimos dias, a fiscalização dos ambulantes e barraqueiros que atuam nas praias do município.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

As ações começaram em Arembepe, Barra do Jacuípe e Itacimirim. Em Arembepe, a equipe de fiscalização notificou os vendedores ambulantes que ocupavam as vias públicas de forma irregular. Os fiscais retiraram mesas e cadeiras da praia, muitos desses equipamentos em má conservação e em excesso, obstruindo a passagem de banhistas.

“As ações da Sesp visam atender às solicitações feitas pelos frequentadores das praias, tendo em vista os incômodos provenientes da desorganização da nossa orla”, explicou a secretária dos Serviços Públicos, Arlene Rocha.

“Muitos ambulantes estavam ocupando espaços inapropriados, constatamos também a precariedade das instalações, como lonas velhas, caixotes e equipamentos enferrujados”, explicou Namucies Souza, diretor de Ordem Pública.

A operação seguiu para a Passarela em Barra do Jacuípe, onde a equipe de fiscalização retirou vários ambulantes que também estavam atuando de forma irregular.

Logo após, em Itacimirim, foram constatadas várias irregularidades cometidas pelos ambulantes. Um deles, mesmo tendo sido notificado várias vezes, continuava atuando na rotatória que dá acesso ao rio. No local, a equipe de fiscalização encontrou quatro freezers em péssimas condições de conservação, com cocos velhos, garrafas de vidro e até bichos em seu interior. Todos os equipamentos foram recolhidos e descartados pelos agentes.