Início Brasil Academia é notificada pelo Procon após dificultar cancelamento de matrículas

Academia é notificada pelo Procon após dificultar cancelamento de matrículas

O grupo Bio Ritmo, dono da rede de academias Smart Fit, foi notificado pelo Procon-SP após o órgão receber 838 reclamações de consumidores durante a atual pandemia de coronavírus. A maioria das queixas é de clientes que não conseguiram cancelar seus contratos. As informações são da Folha de S. Paulo.

O pico de reclamações ocorreu entre os dias 1 e 3 de junho, quando o órgão recebeu 400 reclamações contra a empresa. Nas redes sociais, clientes da rede afirmam que a empresa tem exigido que os pedidos de cancelamento sejam feitos presencialmente.

As academias do grupo, porém, estão fechadas em decorrência das quarentenas decretadas pelas autoridades para combater a pandemia de coronavírus. O presidente Jair Bolsonaro até tentou colocar as academias entre os serviços essenciais que podem abrir durante a pandemia, mas a ideia não vingou.

Em suas queixas, os clientes dizem que não conseguem ser atendidos por telefone e que o grupo se nega a fazer cancelamentos por e-mail.

A empresa tem sido alvo de campanhas na internet que estimulam boicotes e cancelamentos depois que Edgar Corona, dono das redes Bio Ritmo e Smart Fit e notório apoiador de Jair Bolsonaro, passou a ser um dos alvos da operação da PF (Polícia Federal) que investiga esquemas de fake news.

Procurada, a Smart Fit diz que não fará cancelamentos enquanto as academias estiverem fechadas. “Porém, não existe qualquer prejuízo aos clientes, uma vez que as mensalidades não estão sendo cobradas”, afirma em nota.

Segundo o Procon-SP, no entanto, há reclamações também de que as cobranças de mensalidades continuaram durante a pandemia e que não houve devolução dos valores pagos, mesmo sem a prestação dos serviços.

O órgão questionou a Smart Fit sobre qual o procedimento adotado pela empresa nos casos em que o cliente solicita o cancelamento do contrato e a devolução dos valores pagos, qual a política de cancelamento, suspensão ou reagendamento dos serviços e quais os canais de atendimento ao consumidor.

A rede de academias terá 72 horas para responder ao Procon, contadas a partir desta quinta-feira (4), e pode ser multada se o órgão constatar irregularidades.

“Temos recebido mais de 80 protocolos contra a empresa por dia. A Smart Fit, pelo que parece, não tem negociado nem atendido ao consumidor durante a pandemia. Não atendem o telefone e não fazem cancelamento por email”, afirma Rodrigo Tritapepe, diretor de atendimento do Procon-SP.

Fonte: Correio