Início Lauro de Freitas Professores de Lauro afirmam que não receberam 13º; Prefeitura pede desculpas e...

Professores de Lauro afirmam que não receberam 13º; Prefeitura pede desculpas e culpa a Caixa

Por Adélia Felix

Em contato com o BNews, nesta quinta-feira (21), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no município de Lauro de Freitas (ASPROLF) informou que o 13ª dos trabalhadores não foi pago. Segundo o representante da categoria, quarta-feira (20) foi o último dia para quitar o valor. O sindicato afirma que são mais de 3 mil servidores que não receberam o pagamento. De acordo com o representante da categoria, o sindicato prometeu entrar ainda nesta quinta com uma representação contra a prefeitura Lauro de Freitas no Tribunal de Contas do Município (TCM) e no Ministério Público da Bahia (MP-BA).

A categoria afirma que “a gestão municipal tem adotado a cultura do atraso e segue sem dar qualquer explicação para o não pagamento do 13º dos profissionais da educação”.

No entanto, também por meio de nota, a prefeitura explicou o ocorrido. Veja a nota na íntegra:

“A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas esclarece, por meio das da Secretarias Municipais de Administração – SECAD e da Fazenda – SEFAZ, que os arquivos de pagamento do 13° Salário dos Servidores foram enviados para a Caixa Econômica no tempo certo. No entanto, por problemas internos de processamento do banco, parte dos servidores de Lauro de Freitas ainda não recebeu o seu 13°. A Prefeitura aguarda que a Caixa normalize o pagamento e envie uma nota de esclarecimento a administração municipal. Mesmo não sendo responsável pelo atraso, a Prefeitura se desculpa junto aos servidores que ainda não receberam o 13º Salário e informa que está acompanhando as providências do banco e envidando esforços para normalização do pagamento. A administração enfatiza o esforço e compromisso da gestão com os servidores municipais, dentro de um contexto de crise profunda em que mais 93% das prefeituras no país não estão conseguindo efetuar em dia os pagamentos dos salários e do 13°”.