MC Livinho é criticado na rede social após música que faz apologia ao estupro

O refrão da letra diz: ‘vou abusar bem dessa mina’

Créditos: Reprodução / Instagram MC Livinho
O funkeiro recebeu críticas nas redes sociais após lançar a canção

Não é novidade que o funk tem inúmeras letras machistas e que incitam a violência contra as mulheres. O exemplo mais recente foi lançado nesta segunda-feira, dia 28, pelo cantor MC Livinho.

O clipe da música “Covardia” já tem quase 800 mil visualizações, porém, o refrão tem sido muito criticado nas redes sociais por fazer apologia ao estupro. “A música nova do Livinho (Covardia) é o tipo de música que o mundo não precisa”, escreveu uma mulher no Twitter.

Leia abaixo o trecho:

“Vou abusar bem dessa mina
Toma, toma pica tranquilinha
Primeira vez foi covardia
Não te conhecia
Agora toma”

Na internet, muitas pessoas falaram sobre a letra machista e repudiaram o funkeiro. Veja abaixo:

No Facebook, a escritora Stephanie Ribeiro escreveu um texto criticando a música. “Num país que tem um estupro a cada 11 minutos, num país que também tem mulheres negras entre 18 e 24 anos com 3 vezes mais chances de serem estupradas, esse cantor lança essa música dizendo ‘vou abusar bem dessa mina’ sendo que o maior impacto dele é nas periferias”, afirmou.

Confira na íntegra:

Diante da polêmica, Livinho publicou um vídeo sobre a repercussão da canção e esclareceu que houve um erro de interpretação por parte do público.

Assista:

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.