ESPORTES: Anderson Silva é pego em novo antidoping realizado após luta contra Nick Diaz

O resultado do exame antidoping feito em Anderson Silva, no dia 31 de janeiro, dia da vitória na luta contra Nick Diaz, no UFC 183, deu positivo para substâncias proibidas. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (12) pelo site MMAJunkie, especializado em MMA. Ainda não se sabe quais substâncias foram detectadas.

Apesar de ainda não ter sido divulgado pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, o lutador deve ser suspenso por um período de nove meses a dois anos. O peso-médio já havia caído no antidoping no dia 9 de janeiro, quando um teste surpresa apontou para uso de anabolizantes androsterona e drostanolona.

Foto: Divulgação / UFC

Anderson Silva é pego em novo exame antidoping (Foto: Divulgação/UFC)

O novo resultado positivo é considerado como dentro do período de competição, diferente do segundo exame antidoping realizado em Anderson no dia 19 de janeiro, poucos dias antes da luta contra Nick Diaz, que havia dado negativo para esteroides anabolizantes e GH, substâncias proibidas no esporte.

Anderson Silva voltou ao octógono oficialmente após mais de um ano em reabilitação por conta de uma grave fratura na perna. Ele venceu o americano Nick Diaz por pontos, mas levantou a possibilidade de ter se dopado após o primeiro exame feito dar positivo. Segundo a comissão de Nevada, o resultado da luta pode e deve ser alterado para “No Contest” (Sem Resultado) e Anderson será julgado nos próximos meses, bem como Diaz, flagrado no exame com substâncias da maconha no corpo.

Fonte: Correio da Bahia

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.