Início Camaçari DPT de Camaçari coleta vestígios pra identificar assassino estuprador de garota

DPT de Camaçari coleta vestígios pra identificar assassino estuprador de garota

Uma menina de 10 anos foi estuprada e morta dentro de sua casa na Rua da Manuela no Bairro da Gleba A em Camaçari nesta quinta-feira (17). De acordo com o Perito Criminal e coordenador do DPT de Camaçari Dr. Ricardo Nery a perícia de local de crime está sendo realizada pelo DPT de Camaçari e a necropsia será realizada amanhã pela manhã também pelo DPT de Camaçari. “Uma vez confirmado se houve violência sexual contra a vítima, buscaremos coletar material biológico pra possível confronto de DNA com suspeitos” disse coordenador.

“As perícias estão sendo realizadas buscando coletar vestígios que sirvam pra identificar a autoria delitiva do crime”

Foi mãe da garota que ao voltar do trabalho no inicio da noite, por volta das 18h15 encontrou a mesma sem vida sobre a cama e com sinais de violência sexual. A garota foi asfixiada pelo agressor segundo as primeiras informações médicas.

Em um áudio desesperado a avó do irmãozinho da menina que morreu passa a informação e pede ajuda para alguém: “Entraram na casa da Ana, mataram a filha dela, estuprada, enforcaram a menina, e levaram meu neto, eu não sei onde é que ele está não, levaram ele, ninguém consegue achar, me ajude por favor.. a achar meu bichinho, a menina ta morta…”

Isso aconteceu porque principio a mãe achou que seu outro filho bem mais novo também havia sido vítima, pois não o encontrou na casa, mas o bebezinho de três anos estava na creche, pois quem o buscava na escolinha era a menina que foi assassinada. A criança foi encontrada com a diretora da escolinha esperando pela Irmã, que não viria mais.

Este fato comprova que o homem desconhecido que invadiu a casa, cometeu o crime antes do horário que encerra as aulas. De acordo com amigos da família provavelmente o assassino e estuprador entrou pelos fundos da casa. “A mãe abriu normalmente a porta da casa e se deparou com a cena mais terrível de sua vida”.